quarta-feira, 27 de outubro de 2010

A fe no futuro




"Esse corpo eu deixo a terra sem dores, ressentimentos ou saudades . Que dele se nutram outras vidas ,enquanto no azul,aguardo o momento de retornar.
Renascerei com a beleza de um filho de Deus,incorruptível como o sol :pois assim fui por Ele criado e, assim, existo na eternidade.
Alegrem-se por mim!"

(desconheço a autoria)

Nenhum comentário: